Opinião

VAMOS À BATALHA! POR PORTUGAL, PELOS PORTUGUESES

VAMOS À BATALHA! POR PORTUGAL, PELOS PORTUGUESES
Caros militantes,

Hoje e amanhã espero-vos na Batalha para ouvir o que têm a dizer sobre a liderança do nosso partido e o caminho que temos seguido até aqui.

O CHEGA, que tem apenas três anos de vida, é atu- almente a terceira força política e é o único partido que faz verdadeira oposição a esta maioria socialis- ta cujas políticas apenas destroem o nosso país, ati- rando-nos para uma miséria cada vez mais profunda. Será altura de mudar o seu Presidente?

Há momentos na História que vemos que são mar- cadamente de mudança, mas eu acredito que este não é ainda esse momento.

A mudança que queremos para Portugal, a IV Repú- blica, está já no nosso horizonte. Quando começá- mos este projeto não esperávamos que, em apenas três anos, seríamos já a terceira força política, ten- do ultrapassado partidos que estão instalados no sistema há décadas. Mas aconteceu. E agora umas quantas pessoas acham que é chegado o momento de moderar? De transformar o CHEGA numa espé- cie de partido satélite do PSD?

Não. Não foi para isso que milhares de pessoas em todo o país se esforçaram nestes últimos três anos, fazendo sacrifícios monetários e pessoais, prejudi- cando tempo de qualidade com a família para estar junto de nós, que somos também uma família.
Por isso, venham todos à Batalha este fim de sema- na. Digam que futuro querem para o partido e não se esqueçam, o futuro que escolherem para o parti- do é o futuro que escolherão para o país.

Todos juntos rumo à IV República

Por Portugal, pelos portugueses!


Image

Economia

País & O Mundo

Cultura

Lifestyle

Folha Nacional