4 Março, 2024

Jornalista da BBC preso na China

A China disse hoje que o jornalista da BBC, detido no domingo, durante um protesto em Xangai, não se identificou como jornalista, após a cadeia televisiva britânica ter revelado que um dos seus colaboradores foi preso e “espancado” pela polícia.

“De acordo com aquilo que nos foi transmitido pelas autoridades competentes em Xangai, ele não se identificou como jornalista e não apresentou voluntariamente as suas credenciais de imprensa”, disse Zhao Lijian, porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros chinês, apelando à imprensa estrangeira que “respeite as leis e regulamentos chineses enquanto estiverem na China”.

A televisão pública britânica, através de um porta-voz, mostrou-se “muito preocupada”, no domingo, ao confirmar que o repórter de imagem Edward Lawrence “foi atacado” em Xangai, como demonstram imagens partilhadas nas redes sociais, nas quais se veem agentes da policia a arrastarem o jornalista algemado pelo chão.

O jornalista da BBC foi “espancado e pontapeado pela polícia”, antes de ser detido, enquanto cobria um dos protestos contra as medidas de prevenção epidémica vigentes na China.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados