23 Julho, 2024

Greve de trabalhadores da CP levou à supressão de 16 comboios até às 08:00

© Facebook

A CP – Comboios de Portugal suprimiu 16 das 252 ligações programadas entre as 00:00 e as 08:00 de hoje, primeiro dia de greve dos trabalhadores da empresa, disse à Lusa fonte oficial da transportadora ferroviária.

De acordo com o balanço feito pela CP à Lusa cerca das 08:30, circularam 236 comboios. Estavam programados 252 comboios e foram suprimidos 16.

Dos 16 comboios suprimidos, dois eram de longo curso (realizaram-se 10), sete regionais (realizados 65), sete urbanos do Porto (realizaram-se 46). Em Lisboa circularam 115 comboios urbanos.

A CP informou no início da semana que o Tribunal Arbitral não decretou serviços mínimos para a greve de trabalhadores que começa hoje e alargou as previsões de “fortes perturbações” na circulação até 21 de fevereiro.

Assim, a empresa prevê “fortes perturbações na circulação de comboios, a nível nacional”, no período entre as 00:00 de hoje e as 24:00 do dia 21.

Na sexta-feira passada, a CP já tinha alertado para “fortes perturbações na circulação, em todos os serviços por motivo de greves, “convocadas pelos Sindicato Nacional dos Maquinistas dos Caminhos de Ferro Portugueses (SMAQ), Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Sector Ferroviário (SNTSF) e Sindicato Ferroviário da Revisão Comercial Itinerante (SFRCI)”.

O anúncio da greve dos trabalhadores da CP e da IP, devido à falta de resposta às propostas de valorização salarial, foi feito em 25 de janeiro pela Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans).

Em causa está a falta de resposta das duas empresas às propostas de valorização salarial.

Para os sindicatos, as propostas entregues “ficam muito aquém” dos valores necessários para que seja reposto o poder de compra dos trabalhadores.

Também a Fertagus, que liga Lisboa e Setúbal, deu conta de possíveis “perturbações” na quinta-feira por causa da greve Infraestruturas de Portugal (IP).

Numa nota publicada no seu ‘site’, a Fertagus – que explora esta linha ferroviária, com passagem pela Ponte 25 de Abril, mediante o pagamento de uma taxa de utilização à IP – refere que os condicionamentos na circulação dos comboios vão registar-se entre as 00:00 e as 24:00 de quinta-feira.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Receba o Folha Nacional no seu e-mail

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados