18 Maio, 2024

Greve de trabalhadores da CP levou à supressão de 143 comboios até às 08:00

©CP-Comboios de Portugal

A CP suprimiu 143 comboios dos 249 programados entre as 00:00 e as 08:00 de hoje devido à greve dos trabalhadores da transportadora, segundo um balanço enviado pela empresa à Lusa.

Os trabalhadores da CP dão hoje início a mais greves, com a transportadora a alertar para “fortes perturbações” até 02 de março, num protesto pelo impasse nas negociações salariais que também envolve a Infraestruturas de Portugal (IP).

A CP alertou na sexta-feira para “fortes perturbações” na circulação dos comboios entre as 00:00 de hoje e as 23:59 de 02 de março, devido a greve, havendo serviços mínimos decretados para dois daqueles dias.

De acordo com um balanço feito hoje de manhã à Lusa, dos 249 comboios programados entre as 00:00 e as 08:00, foram realizados 106 e suprimidos 143 (57,4%).

A CP – Comboios de Portugal indica que estavam programados 72 comboios regionais e inter-regionais, tendo sido suprimidos 39 e realizados 33.

Quanto aos urbanos de Lisboa, estavam previstos 113, foram suprimidos 74 e efetuados 39.

De acordo com a empresa, nos urbanos do Porto, estavam programados para aquele período 52, foram realizados 29 e suprimidos 23.

No que diz respeito aos comboios de longo curso, estavam previstos 12, foram suprimidos sete e realizados cinco.

Em declarações à Lusa cerca das 07:45 de hoje, José Caetano do Sindicato Independente dos Trabalhadores Ferroviários, das Infraestruturas e Afins (SINFA), disse que a greve estava a ter uma grande adesão, estando apenas a ser cumpridos os serviços mínimos.

A greve foi convocada pelos Sindicatos SINFA, ASCEF, ASSIFECO, FENTCOP, SINFB, SIOFA, STF, STMEFE, SINAFE para hoje e quarta-feira e pelo SNTSF para terça-feira e quinta-feira.

Por este motivo, a CP alertou que “ocorrerão fortes perturbações na circulação de comboios, a nível nacional, no período entre as 00:00 de hoje e as 23:59 do dia 02 de março de 2023”, adiantado que foram decretados serviços mínimos para hoje e quarta-feira.

Os clientes que já tenham comprado bilhetes para o Alfa Pendular, Intercidades, bem como para os serviços Internacional, InterRegional e Regional, podem pedir o reembolso “no valor total do bilhete adquirido ou a sua revalidação gratuita para outro comboio da mesma categoria e na mesma classe”.

No dia 15 de fevereiro, o Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública (Sintap) e o Sindicato Nacional dos Ferroviários do Movimento e Afins (Sinafe) anunciaram uma greve na CP para hoje e quarta-feira.

Em comunicado, referiam que os trabalhadores da CP vão fazer greve”durante todo o seu período de trabalho”.

Um dia antes, aqueles sindicatos tinham anunciado uma greve na Infraestruturas de Portugal (IP) para terça e quinta-feira.

Em causa está o “impasse” nas negociações salariais com a administração da IP e da CP, afirmam os sindicatos em comunicado.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados