21 Maio, 2024

Suspeitas de fraude com fundos europeus levam a buscas em Reguengos de Monsaraz

©D.R.

A Polícia Judiciária (PJ) está a fazer buscas numa empresa e numa residência em Reguengos de Monsaraz por suspeitas de fraude com fundos europeus, numa operação desencadeada hoje por uma investigação da Procuradoria Europeia.

Segundo uma nota divulgada pela Procuradoria Europeia (EPPO na sigla em inglês), cujo gabinete de Lisboa tem a seu cargo o inquérito, a alegada fraude ascende a 880 mil euros.

Em causa estará a eventual prática dos crimes de fraude na obtenção de subsídio, corrupção ativa, corrupção passiva e participação económica em negócio.

As buscas estão a ser efetuadas pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ, sendo que a investigação ainda está em curso para se perceber a natureza e dimensão da fraude.

“Em causa estão subvenções do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional da União Europeia (FEDER) atribuídas ao evento “Water Life Aid” (posteriormente designado por “Water – World Forum For Life”), organizado pelo município de Reguengos de Monsaraz nos dias 03 a 06 de junho de 2021, com o objetivo de promover a sustentabilidade ambiental”, refere o comunicado.

A EPPO adiantou ainda que aquele município alentejano recebeu um total de 880.621 euros para apoiar o evento, com a contratação para a organização a ser posteriormente feita por ajuste direto a uma empresa privada.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados