22 Abril, 2024

Algarve supera em abril taxas de ocupação hoteleira por quarto desde 1996

O Algarve superou, em abril, os valores registados para a taxa de ocupação por quarto em unidades hoteleiras desde 1996, com 68,5% de ocupação, anunciou hoje a Associação de Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA).

Em comunicado, a AHETA adianta que a taxa de ocupação por quarto no Algarve foi de 68,5%, ou seja, 3,3 pontos percentuais acima da verificada em 2019, antes de o setor ter sido atingido pela pandemia de covid-19, e de 6,3 pontos percentuais acima da verificada em abril de 2022.

“Face ao mesmo mês do ano anterior, os mercados que mais contribuíram para a subida verificada foram o irlandês com mais 2,6 e o britânico com mais 1,8 pontos percentuais”, lê-se na nota.

O mercado nacional contribuiu com uma subida de 0,2 pontos percentuais para a variação da ocupação por cama face a abril de 2019, ano de referência por ser anterior à pandemia de covid-19 em Portugal.

Por zonas geográficas, as maiores subidas face a 2019 ocorreram nas zonas de Vilamoura, Quarteira e Quinta do Lago (mais 8,2 pontos percentuais), Carvoeiro e Armação de Pêra (mais 7,8 pontos percentuais) e Monte Gordo e Vila Real de Santo António (mais 7,6 pontos percentuais).

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados