24 Abril, 2024

Euro perde terreno e dólar segue reforçado

© D.R.

O euro registou hoje uma ligeira descida face ao dólar, que negociou reforçado após ter sido anunciado um “acordo de princípio” para aumentar o teto da dívida dos Estados Unidos, evitando que entrem em incumprimento.

Às 18:00 (hora de Lisboa) o euro seguia a 1,0712 dólares, quando na sexta-feira negociava a 1,0718 dólares.

O Banco Central Europeu (BCE) fixou o câmbio de referência do euro em 1,0715 dólares.

Durante o fim de semana, foi anunciado que a Casa Branca e os republicanos chegaram no sábado a um “acordo de princípio” para aumentar o teto da dívida.

A perspetiva de um alívio dos problemas da dívida da primeira economia mundial, que poderia entrar em incumprimento a partir de junho, atenuou a preocupação com a situação financeira do país e apoiou a valorização do dólar.

Os Estados Unidos ficam por vezes perto de um incumprimento da dívida, porque, ao contrário de outros países, o Governo só pode emitir dívida até ao limite estabelecido pelo Congresso, que tem o poder de aumentar esse teto se assim o entender.

Divisas…………….hoje…………sexta-feira

Euro/dólar…………1,0712…………….1,0718

Euro/libra…………0,86688…………..0,86832

Euro/iene………….150,32…………….150,63

Dólar/iene…………140,33…………….140,55

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados