22 Abril, 2024

Mais de 8% da população da UE incapaz de pagar uma refeição adequada a cada dois dias

© D.R.

Cerca de 8,3% da população da União Europeia (UE) não tinha, em 2022, como pagar uma refeição com carne, peixe ou um equivalente vegetariano de dois em dois dias, divulga hoje o Eurostat.

Face a 2021 (7,3%), a taxa aumentou um ponto percentual.

Considerando apenas a parte de população em risco de pobreza na UE que também não conseguiu, no ano passado, pagar uma refeição adequada de dois em dois dias, a percentagem atinge os 19,7%, face aos 17,5% de 2021.

De acordo com os dados hoje publicados pelo serviço estatístico europeu, a maior taxa de pessoas em risco de pobreza incapazes de pagar, a cada dois dias, uma refeição com carne, peixe ou equivalente vegetariano, foi registada na Bulgária (44,6%), seguida pela Roménia (43,0%) e a Eslováquia (40,5%).

No outro extremo da tabela estão a Irlanda (5,0%), o Luxemburgo (5,1%) e Chipre (5,6%).

Em Portugal, a taxa de pessoas em risco de pobreza incapazes de pagar uma refeição adequada foi, em 2022, de 7,2%, recuando para os 3,0% no rácio para o total da população do país.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados