19 Junho, 2024

Presidente dos EUA promete visita “o mais depressa possível” ao Havai

© Facebook / President biden

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse hoje que pretende visitar o Havai “o mais rapidamente possível”, numa altura em que ainda se contabilizam as vítimas mortais dos incêndios naquele estado norte-americano.

“A minha mulher Jill [Biden] e eu iremos o mais depressa possível ao Havai (…) Quero ter a certeza de que não vamos interromper as operações de socorro”, disse Joe Biden numa visita ao estado de Wisconsin.

O balanço mais recente dos incêndios florestais no Havai indica 99 vítimas mortais e o número “poderá duplicar” esta semana, disse o governador do Havai, Josh Green, à televisão CNN.

É que a maioria dos corpos encontrados até à data estava perto da orla marítima ou no oceano. Dezenas de pessoas saltaram para a água para escapar às chamas.

“Estamos a ser esmagados pelas circunstâncias das mudanças climáticas e da tragédia ao mesmo tempo”, lamentou Green.

De acordo com o governador, 1.300 pessoas ainda estão desaparecidas. Este número está a diminuir à medida que as comunicações são gradualmente restabelecidas em Maui e os residentes conseguem localizar os familiares.

Na semana passada, Joe Biden declarou o estado de catástrofe, o que permite desbloquear ajuda federal para o arquipélago norte-americano, para financiar a ajuda de emergência e os esforços de reconstrução da ilha.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados