13 Junho, 2024

C-130 da Força Aérea Portuguesa já está a caminho de Telavive

O C-130 da Força Aérea Portuguesa já está a caminho de Telavive para retirar os cidadãos nacionais que pretendam sair de Israel devido ao conflito com o Hamas, anunciou hoje o Ministério dos Negócios Estrangeiros.

© D.R.

“A aeronave C-130 da Força Aérea Portuguesa já saiu do Aeródromo de Trânsito n.º 1 de Figo Maduro, em direção a Telavive. O voo fará uma paragem em Chipre, prevendo-se que possa estar na capital israelita ao final do dia de hoje”, salientou, numa nota, em que alerta que “a missão está sujeita às condições no terreno”.

O envio do C-130 “resulta da articulação permanente com as autoridades locais, estando a ser operacionalizada pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros e pelo Ministério da Defesa Nacional”, acrescenta-se na nota.

“Os cidadãos nacionais que solicitaram apoio para a saída do país já estão a ser contactados pelos serviços consulares. As condições de operação são dinâmicas e estão em avaliação permanente, tendo como objetivo final a retirada dos cidadãos nacionais que manifestaram interesse em sair do país” conclui.

O movimento islâmico Hamas lançou no sábado um ataque surpresa contra o território israelita, sob o nome de operação “Tempestade al-Aqsa”, com o lançamento de milhares de foguetes e a incursão de milicianos armados por terra, mar e ar.

Em resposta ao ataque surpresa, Israel bombardeou a partir do ar várias instalações do Hamas na Faixa de Gaza, numa operação que batizou como “Espadas de Ferro”.

Os ataques e a resposta militar fizeram centenas de mortos e mais de mil feridos.

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, declarou que Israel está “em guerra” com o Hamas.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados