21 Julho, 2024

FMI prevê crescimento da economia portuguesa de 2,3% este ano e 1,5% em 2024

O FMI prevê um crescimento da economia portuguesa de 2,3% este ano e de 1,5% em 2024 e uma redução da taxa de inflação para 5,3% em 2023 e para 3,4% em 2024, foi hoje divulgado.

© FMI

Na atualização das projeções económicas mundiais, divulgadas hoje no âmbito das reuniões do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial, que decorrem esta semana em Marraquexe (Marrocos), a instituição revela-se ligeiramente mais pessimista do que em junho sobre o crescimento económico português, mas mais otimista em relação à evolução da inflação este ano.

Em junho, a instituição previa um crescimento da economia portuguesa de 2,6% este ano e de 1,8% em 2024, apontando para uma redução da inflação de 8,1% em 2022 para 5,6% em 2023 e 3,1% no próximo ano.

No entanto, em abril, o FMI projetava um crescimento de 1% este ano e 1,7% em 2024.

A previsão do FMI para este ano, divulgada hoje, horas antes da entrega pelo Governo português do Orçamento do Estado para 2024 (OE2024) e na qual este deverá melhorar a previsão para este ano face aos 1,8% inscritos no Programa de Estabilidade, passa a estar próxima do Conselho das Finanças Públicas (2,2%) e do Banco de Portugal (2,1%).

O FMI prevê ainda que a taxa de desemprego suba dos 6,1% registados em 2022 para 6,6% em 2023 e recue ligeiramente para 6,5% em 2024.

A instituição de Bretton Woods espera ainda que o saldo da balança corrente portuguesa passe de -1,2% em 2022 para 1,3% este ano e 1,1% em 2024.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Receba o Folha Nacional no seu e-mail

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados