13 Junho, 2024

Dois ataques armados causam pelo menos 16 mortos no México

Dois ataques armados causaram pelo menos 16 mortos, incluindo 12 agentes da polícia, na segunda-feira, em dois estados do sudoeste do México assolados pela violência ligada ao tráfico de drogas, avançaram as autoridades locais.

© D.R.

Uma patrulha policial foi atacada na cidade de Coyuca de Benítez, no estado de Guerrero, matando 11 pessoas, segundo o Ministério Público local.

Quatro civis e um agente policial foram também mortos em um outro ataque armado na cidade de Tacambaro, no estado vizinho de Michoacán.

Estas duas regiões, corredores estratégicos para o tráfico de drogas ao longo da costa do Pacífico, são palco frequente de ações criminosas atribuídas a poderosos cartéis mexicanos.

Em Coyuca de Benítez, a patrulha escoltava o secretário para a Segurança do estado de Guerrero quando foi atacada, disse o procurador-adjunto, Alejandro Hernández.

A imprensa local afirma que o secretário, Alfredo Alonso Lopez, bem como o diretor da Polícia, Honório Salinas, estão entre os mortos.

“Não tínhamos conhecimento de quaisquer ameaças contra autoridades” de Coyuca de Benítez, disse Alejandro Hernandez.

Imagens que circulam nas redes sociais mostram diversas pessoas em uniforme, deitadas de bruços no chão, com as mãos amarradas e aparentemente sem vida.

Também na segunda-feira, um outro ataque, no estado vizinho de Michoacán, deixou cinco mortos e dois feridos, quando homens armados atacaram o irmão do autarca da cidade de Tacambaro, segundo o Ministério Público local.

Um funcionário de um restaurante e um agente da polícia municipal estão entre as vítimas, enquanto o irmão do autarca ficou ferido.

Num vídeo publicado nas redes sociais, homens armados são vistos a abrir fogo antes de fugirem em vários veículos.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados