26 Fevereiro, 2024

PSP detém três homens em flagrante após raptarem jovem na Nazaré

A PSP deteve na quarta-feira em flagrante delito três homens que tinham sequestrado com violência um jovem de 17 anos, num ajuste de contas devido a jogos de apostas ‘online’, anunciou hoje a polícia.

© Facebook/PSP

 

Os suspeitos, com idades entre os 18 e os 29 anos, foram detidos por sequestro com recurso a ofensas à integridade física grave, após serem vistos, na vila da Nazaré, distrito de Leiria, a cercar e arrastar a vítima, à força e contra a sua vontade, para um automóvel de alta cilindrada.

A cena de “extrema violência física” foi testemunhada por um cidadão residente na vila que alertou a PSP, conta o Comando Distrital da Polícia de Segurança Pública de Leiria em comunicado.

“Rapidamente foi montado um dispositivo no terreno que, com a articulação das várias valências policiais na senda da recolha de informações e de pré posicionamento de meios, de acordo com o tratamento e validação daquelas, permitiu mais tarde concretizar a interceção do veículo e daqueles que eram os autores do sequestro”, relata a polícia.

Ao final da tarde, os jovens foram detidos em flagrante, quando ainda estavam a exercer violência sobre a vítima, que foi conduzida ao Hospital de Leiria e teve alta médica horas mais tarde.

Perante a violência do sucedido e por se tratar de um crime “completamente díspar daquela que é a realidade criminal habitual na região”, a polícia concluiu, após outras diligências, que o rapto se deveu a um ajuste de contas relacionado com alegados negócios ‘online’ de jogos de apostas.

A PSP relata ainda ter apreendido na operação uma viatura ligeira de passageiros, uma faca, cinco telemóveis e um revólver de plástico.

O caso foi comunicado de imediato à Polícia Judiciária, que posteriormente colaborou nas diligências policiais complementares.

Presentes na sexta-feira à autoridade judiciária, os detidos ficaram sujeitos a apresentações periódicas na esquadra da sua área de residência, à entrega, nos próximos cinco dias, dos respetivos passaportes e proibidos de contactar e aproximar-se da vítima.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados