13 Abril, 2024

Especialistas atacam sistema de votação eletrónica na Rússia

Especialistas cibernéticos da Ucrânia atacaram o sistema russo utilizado para a votação eletrónica nas presidenciais, que terminam no domingo, indicou hoje a agência Ukrinform.

©D.R.

 

Citando fontes da inteligência militar da Ucrânia (GUR), a agência referiu que os ‘hackers’ contornaram “todos os sistemas de proteção” russos, estando previstos ataques até ao final da votação.

A responsável pela Comissão Eleitoral Central (CEC) da Rússia, Ela Pamfílova, adiantou que, desde sexta-feira, já foram bloqueados pelo menos 10.500 ataques contra o sistema de votação.

O partido Rússia Unida também já informou que os seus serviços eletrónicos estão a sofrer ataques em grande escala.

A eleição deverá manter Putin no poder até 2030, ano em que completará 77 anos, com a possibilidade de um mandato adicional até 2036, devido a uma alteração constitucional feita em 2020.

A guerra desencadeada pela invasão russa da Ucrânia mergulhou a Europa naquela que é considerada a pior crise de segurança desde a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados