20 Abril, 2024

PJ integra operação nos EUA contra exploração sexual de crianças

A Polícia Judiciária (PJ) integrou uma operação contra a exploração sexual de crianças nos Estados Unidos da América (EUA), entre 26 de fevereiro e 08 de março, que resultou no resgate de oito crianças de situações de abuso.

©facebook.com/pjudiciaria

 

De acordo com uma nota hoje divulgada, o órgão de polícia criminal português esteve representado na operação “Renewed Hope II” (Esperança Renovada II) – que decorreu no estado norte-americano da Virgínia – através da Unidade de Combate ao Cibercrime e Criminalidade Tecnológica (UNC3T), tendo sido possível localizar e identificar ainda 19 crianças vítimas de abusos sexuais.

A iniciativa foi coordenada pela Unidade de Combate à Exploração Sexual de Crianças da Homeland Security Investigations (HSI), o principal serviço de investigação do Departamento de Segurança Interna dos EUA, e juntou 25 especialistas, representantes da Interpol e Europol e de agências nacionais de diversos países.

Foram analisados ao longo das duas semanas mais de 95 mil ficheiros, num total de 121 gigabytes de dados, o que se traduziu, segundo a PJ, em aproximadamente 64 horas de imagens e vídeos transmitidos.

Com o objetivo de identificar e resgatar crianças em situações de abuso ou exploração sexual, a investigação das autoridades assinalou 414 pistas com o recurso a técnicas de deteção de infratores no contexto da Internet, nomeadamente através da utilização de fóruns, sites, e-mail, salas de chat e aplicações de partilha de arquivos.

Entre essas 414 pistas foram alcançadas a localização e prováveis identidades das crianças vítimas de abuso ou exploração sexual.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados