25 Abril, 2024

SEF detém suspeito de traficar dois menores de origem angolana

©facebook.com/servicodeestrangeirosefronteiras

O SEF deteve, ao final de tarde de quarta-feira no aeroporto de Lisboa, um cidadão estrangeiro por “fortes indícios da prática dos crimes de tráfico de menores, auxílio à imigração ilegal e falsificação de documentos”, indicou hoje aquela entidade.

Em comunicado, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras refere que o detido aguardava a chegada de dois menores, com 14 e 15 anos, oriundos de um voo proveniente do continente africano, com o objetivo de auxiliar e facilitar a sua passagem para outro país europeu, por via terrestre.

Fonte do SEF disse à Lusa que os dois menores vinham de Angola e o homem, também de nacionalidade angolana, mas que estava em Portugal, foi detetado pelos inspetores já fora do aeroporto de Lisboa, depois de os adolescentes terem sido identificados na zona de chegadas.

Segundo o SEF, os menores eram portadores de vistos Schengen falsificados.

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras refere que, “efetuadas diversas diligências posteriores, foi possível apurar, pela verificação do ‘modus operandi’ utilizado, fortes indícios da prática dos crimes de tráfico de seres humanos e de auxílio à imigração ilegal”.

Aquele serviço de segurança diz que os menores foram acompanhados por uma equipa multidisciplinar vocacionada para casos de tráfico de seres humanos e, depois, encaminhados para uma casa abrigo exclusivamente destinada ao acolhimento de crianças e jovens vítimas deste crime.

De acordo com o SEF, a intervenção policial levou à apreensão de documentos de viagem falsificados, diversa documentação relacionada com a prática do ilícito, dinheiro em espécie e um telemóvel relacionado com a prática dos crimes.

O detido é hoje presente ao juiz de instrução para primeiro interrogatório e aplicação das medidas de coação.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados