23 Junho, 2024

Pelo menos 23 mortos em naufrágio nas Filipinas

©facebook.com/PortugueseAirForce

Pelo menos 23 pessoas morreram e seis foram dadas como desaparecidas na manhã de hoje, após um pequeno barco ter virado num lago perto de Manila, nas Filipinas, segundo as autoridades locais.

“As pessoas entraram em pânico após uma rajada repentina de vento. Correram para o lado esquerdo do barco, que acabou por virar”, disse o porta-voz da Guarda Costeira filipina, Armando Balilo, a uma rádio local.

O território filipino foi afetado pela passagem do tufão Doksuri. Classificado como um super tufão, quando atravessou o oceano Pacífico, na terça-feira, o Doksuri perdeu a força ao aproximar-se das Filipinas.

As previsões apontam para que a tempestade continue a perder intensidade antes de atingir o sudeste da China, na sexta-feira.

O acidente de hoje ocorreu no lago de Laguna, a cerca de 40 quilómetros a sudeste de Manila. A embarcação fazia a travessia habitual entre a cidade de Binangonan e a ilha de Talim, no meio do lago.

Quarenta pessoas foram resgatadas com vida e 23 corpos foram recuperados, segundo as autoridades filipinas.

Várias horas após o acidente, as equipes de resgate continuaram a busca por seis pessoas desaparecidas, disse à agência de notícias AFP Kenneth Cirados, chefe do resgate do município.

O barco é um meio de transporte essencial nas Filipinas, um arquipélago de mais de 7.000 ilhas, e os acidentes são frequentes, principalmente com os pequenos barcos de madeira que se deslocam entre ilhas.

Pelo menos seis pessoas morreram nas Filipinas, na sequência da passagem do tufão Doksuri, indicam dados oficiais hoje divulgados.

Ventos violentos e chuvas torrenciais atingiram as pouco povoadas ilhas Babuyan e as províncias do norte do país, provocando inundações e aluimentos de terras.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados