15 Junho, 2024

Três detidos em Espanha por fraude que envolvia Portugal

Três pessoas foram detidas nas cidades espanholas de Madrid e León por suspeita de uma fraude de 1,5 milhões de euros em que fingiam ser promotores de um projeto de painéis solares em Espanha, Portugal e Itália.

© D.R

Segundo revelou hoje a Polícia Nacional de Espanha, os detidos são suspeitos de terem defraudado em mais de 1,5 milhões de euros uma empresa de telecomunicações e um concessionário de carros de luxo.

Os suspeitos fizeram-se passar por uma empresa com um projeto tecnológico relacionado com painéis solares a ser instalado em Espanha, Portugal e Itália e que apresentaram a uma operadora de telecomunicações.

O projeto que apresentaram envolvia a compra de milhares de telemóveis considerados de topo de gama e cartões SIM para os aparelhos.

Após várias reuniões entre a empresa criada para cometer a fraude e a operadora de telecomunicações, foram entregues aos suspeitos do crime 2.200 cartões SIM e 2.500 telemóveis, segundo a Polícia Nacional de Espanha, que revelou que as detenções agora anunciadas resultam de uma investigação iniciada em meados do ano passado.

A empresa criada para concretizar a fraude desapareceu depois de receber os cartões e os telemóveis, que foram vendidos a particulares em Espanha e Itália.

Ainda segundo a polícia espanhola, poucos dias depois de receberem os telefones, a empresa fraudulenta comprou um carro topo de gama por 130 mil euros, num regime de pagamento a prestações, mas só pagou as primeiras mensalidades, antes de desaparecer.

Segundo a polícia espanhola, foram bloqueadas 27 contas bancárias durante a investigação e apreendidos diversos veículos, num número que não especificou.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados