15 Junho, 2024

Euro2024: Portugal tenta apuramento, com ou sem Ronaldo ‘eis a questão’

Portugal recebe na sexta-feira a Eslováquia e, em caso de vitória, garante já o apuramento para o Euro2024 de futebol, num encontro em que o possível regresso de Cristiano Ronaldo ao ‘onze’ aparece como a grande dúvida.

© Facebook Seleções de Portugal

No Estádio do Dragão, no Porto, a seleção portuguesa sabe que um triunfo garante logo a nona presença na fase de final de um Europeu, oitava seguida, mas um empate também poderá ser suficiente, caso o Luxemburgo perca no mesmo dia na Islândia.

À partida para a sétima jornada do Grupo J, só uma ‘catástrofe’ poderá afastar a equipa de Roberto Martínez do Euro2024, que vai decorrer na Alemanha, mas o jogo com os eslovacos levanta outro desafio para o técnico espanhol, nomeadamente a possível inclusão de Ronaldo na equipa inicial, depois de ter falhado o encontro com o Luxemburgo (9-0) em setembro, no Algarve, devido a castigo.

Sem o seu habitual capitão, e melhor marcador da fase de qualificação (cinco golos), Portugal ‘arrancou’ a melhor exibição da ‘era’ Martínez, alcançou a maior goleada de sempre em toda a história da seleção nacional e demonstrou que o futebol luso está mesmo a viver aquela que é, provavelmente, a sua melhor geração de sempre.

Com Gonçalo Ramos, o substituto de Ronaldo nesse jogo, a ‘bisar’, assim como Diogo Jota, a tarefa de Roberto Martínez parece ser bem complicada, ainda mais sabendo que a possível decisão de ‘sentar’ Ronaldo no banco de suplentes poderá não ser bem aceite pelo avançado de 38 anos.

Tal aconteceu no último Mundial2022, no Qatar, quando o então selecionador Fernando Santos optou pela titularidade de Gonçalo Ramos a partir dos oitavos de finais, com a ‘aventura’ lusa a terminar nos ‘quartos’ perante Marrocos (0-1).

Por outro lado, as exibições de Ramos, Jota e Leão perante o Luxemburgo, e toda ligação que existiu nesse jogo entre os jogadores da seleção nacional, e que ‘deliciou’ os adeptos no Algarve e por todo o país, também deverão pesar na decisão de Martínez.

O regresso à tática dos três centrais é outra das dúvidas, já que o técnico espanhol optou por uma defesa a quatro, com Rúben Dias e António Silva no meio, precisamente em Bratislava, num encontro em que Portugal venceu por 1-0.

Bruno Fernandes fez o único golo desse jogo, e foi decisivo, numa partida em que os eslovacos dificultaram bastante a vida a Portugal e poderia ter alcançado outro resultado.

Após seis rondas, a equipa lusa continua totalmente vitoriosa e lidera o Grupo J com 18 pontos, mais cinco do que a Eslováquia, segunda classificada. O Luxemburgo é terceiro, com 10, seguido de Bósnia e Islândia, ambas com seis, e do Liechtenstein, ainda sem pontos.

Os dois primeiros lugares do agrupamento dão acesso direto à fase final do Euro2024.

Além de seis triunfos no mesmo número de partidas, a equipa de Roberto Martínez leva um registo de 24 golos marcados e nenhum sofrido.

O Portugal-Eslováquia está agendado para as 19:45 de sexta-feira, no Estádio do Dragão, no Porto, e terá arbitragem do grego Tasos Sidiropoulos.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados