24 Setembro, 2023

André Ventura considera que “António Costa já chegou ao fim”

O presidente do CHEGA, André Ventura, assumiu hoje a conquista do Governo como “único objetivo” do partido, considerando que “António Costa já chegou ao fim”.

“Eu garanto-vos que vamos lutar rua a rua, terra a terra deste país até sermos Governo de Portugal e vencermos o Governo de António Costa neste país, porque António Costa já chegou ao fim”, afirmou.

No discurso de encerramento da V Convenção Nacional do CHEGA, em Santarém, André Ventura considerou que as críticas de que é alvo vão fortalecer o partido.

“Quero prometer-vos aqui que à medida que nos atacam mais, que à medida que nos espezinham mais, que à medida que dizem que somos racistas, xenófobos ou fascistas, é nessa força que nós nos tornaremos mais fortes”, salientou.

Reiterando que o “único objetivo” do CHEGA é governar o país, afirmou que o “povo português” é “o único que pode estabelecer linhas vermelhas” quanto a um eventual governo de direita nas próximas eleições legislativas e deixou um aviso aos restantes partidos.

“Os outros podem escrevê-las num papel, pô-las num guardanapo e atirá-las pelo carro fora porque valem para nós o mesmo que um cinzeiro mal lavado, valem zero”, defendeu.

André Ventura referiu igualmente que o CHEGA só obedecerá “a uma entidade”, a única a quem presta “vassalagem”, e “essa entidade é o povo português”.

Num discurso de quase meia hora, Ventura “disparou” críticas em várias direções, num tom inflamado, e comprometeu-se a falar por aqueles “que perderam a voz”.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados