24 Abril, 2024

Catarina Costa conquista bronze e Telma Monteiro termina em quinto

facebook.com/Catarina Costa

A judoca portuguesa Catarina Costa (-48kg) conquistou hoje a medalha de bronze do Grand Slam de Ulan Bator, na Mongólia, em que Telma Monteiro (-57kg) terminou em quinto após perder o combate para o terceiro lugar.

Catarina Costa, que chegou à luta pela medalha de bronze pela via da repescagem, venceu no combate decisivo Galiya Tynbayeva, do Cazaquistão, depois de ter afastado Chen-Hao Lin, de Taipé, em ambos os combates por ‘wazari’.

A judoca portuguesa, oitava do ranking mundial e isenta na primeira ronda, venceu na segunda a mongol Anudari Jamsran, por acumulação de ‘shidos’ da adversária em período de ‘ponto de ouro’, e nos quartos de final perdeu com a japonesa Hikari Yoshioka, por ‘ippon’, que viria a conquistar o ouro.

Hikari Yoshioka venceu na final a russa a competir sob bandeira neutra Sabina Giliazova, por ‘ippon’. A israelita Tamar Malca terminou também no terceiro lugar, juntamente com Catarina Costa, ao vencer a compatriota Shira Rishony, por ‘ippon’.

Na categoria de -57kg, Telma Monteiro falhou a medalha de bronze pela via da repescagem e terminou na quinta posição ao perder com a sul-coreana Mimi Huh, no ‘golden score’, com a asiática a obrigar a portuguesa a desistir após técnica de estrangulamento.

No primeiro combate da repescagem, Telma Monteiro venceu Altanstsetseg Batsukh, dos Emirados Árabes Unidos, por ‘ippon’.

Telma Monteiro, isenta da primeira ronda, venceu na segunda a finlandesa Pihla Salonen, por ‘wazari’, e perdeu nos quartos de final com a russa a competir sob bandeira neutra Kseniia Galitskaia, também por ‘wazari’, que viria a conquistar o bronze.

Maria Siderot, na categoria de -52kg, caiu ao segundo combate frente à húngara Reka Pupp, que viria a terminar em terceiro, depois de na primeira ronda ter afastado Hsu-Wan-Chu Lin, de Taipé.

Também em -52kg, Joana Diogo foi afastada na primeira ronda pela alemã Mascha Ballhaus.

Em masculinos, na categoria de -60kg e ao primeiro combate, Rodrigo Costa Lopes foi afastado pelo russo a competir com bandeira neutra Ramazan Abdulaev e Francisco Mendes pelo australiano Joshua Katz.

A seleção portuguesa presente na Mongólia é composta por 12 Judocas — Catarina Costa (-48 kg), Joana Diogo (-52 kg), Maria Siderot (-52 kg), Telma Monteiro (-57 kg), Joana Crisóstomo (-70 kg), Patrícia Sampaio (-78 kg), Rochele Nunes (+78 kg), Rodrigo Lopes (-60 kg), Francisco Mendes (-60 kg), João Fernando (-81 kg), Anri Egutidze (-81 kg) e Jorge Fonseca (-100 kg).

As eliminatórias recomeçam sábado, dia dedicado às categorias -63 kg e -70 kg femininas e -73 kg e -81 kg masculinas. Joana Crisóstomo, João Fernando e Anri Egutidze são os três representantes lusos em ação. Os combates têm início às 11:00 locais (04:00 em Lisboa).

O Grand Slam de Ulan Bator é a primeira prova que conta a 100 por cento no apuramento para os Jogos Olímpico Paris2024 (26 de julho a 11 de agosto), quando falta praticamente um ano. As provas do ano anterior contam a 50 por cento.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados