23 Junho, 2024

Gianni Infantino confirma que Mundial2034 será realizado na Arábia Saudita

O presidente da FIFA, Gianni Infantino, confirmou esta terça-feira na sua conta na rede social Instagram que o Mundial2034 de futebol será realizado na Arábia Saudita, país cuja candidatura apresentou a declaração de interesse para organizar a competição.

© Facebook da FIFA (Gianni Infantino)

“O maior espetáculo do planeta será organizado pelo Canadá, México e Estados Unidos em 2026 na América do Norte e Central. As próximas duas edições do Mundial serão realizadas em África (Marrocos) e na Europa (Portugal e Espanha) — com três partidas disputadas na América do Sul (Argentina, Paraguai e Uruguai) – em 2030, e na Ásia (Arábia Saudita) em 2034. Três edições, cinco continentes e 10 países envolvidos no torneio. Isso é tornar o futebol verdadeiramente global, escreveu Infantino.
O presidente da FIFA acredita que “o futebol une o mundo como nenhum outro desporto”, que o Mundial “é a vitrina perfeita para uma mensagem de unidade e inclusão” e que também oferece “uma ilustração importante de como diferentes culturas se podem unir e aprender a entender melhor uns aos outros”.
Para Infantino, a circunstância de vivermos num mundo “cada vez mais dividido e agressivo” mostra que o futebol “une como nada mais”, que “todos precisamos destas demonstrações de unidade” e que os próximos Mundiais fornecem uma “força única para o bem nesse sentido”.
A FIFA já tinha confirmado que a Arábia Saudita era o único candidato a organizar o Campeonato do Mundo de futebol de 2034, horas depois de a Austrália ter oficialmente abandonado a corrida.

Em comunicado, com a data limite para apresentar as candidaturas fixada para hoje, o organismo que rege o futebol mundial divulgou que a Arábia Saudita foi o único país a apresentar uma declaração de interesse para receber o Mundial de 2034.
No mesmo documento, a FIFA certificou igualmente que recebeu a declaração de interesse das federações de Portugal, Espanha e Marrocos em acolher e organizar a fase final do Mundial de 2030, tal como já tinha sido anunciado por esses organismos na segunda-feira.

O futebol saudita tem sido alvo de investimento no último ano, com vários jogadores e treinadores de renome a rumarem à liga local, incluindo o avançado Cristiano Ronaldo, capitão da seleção portuguesa.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados