13 Abril, 2024

CHEGA indica Diogo Pacheco de Amorim para “vice” do parlamento e espera “novo ciclo”

O presidente do CHEGA anunciou hoje que Diogo Pacheco de Amorim será o candidato do partido a vice-presidente do parlamento, considerando que se poderá fazer “um ajuste de contas” com a anterior legislatura e “abrir novo ciclo”.

© Folha Nacional

Em declarações aos jornalistas no parlamento, André Ventura disse que a escolha foi baseada “na experiência política e no reconhecimento de um percurso de vida” do deputado Diogo Pacheco de Amorim.

Por outro lado, segundo o líder do CHEGA, será também “um ajuste de contas com o início da anterior legislatura, quando a Assembleia da República se juntou para boicotar” e rejeitar precisamente este nome como candidato a ‘vice’ (o partido tentou depois outros deputados, que também falharam a necessária maioria absoluta).

“Esta é uma exigência constitucional que agora se vê cumprida. Espero que hoje se abra um novo ciclo, uma nova forma de trabalhar na Assembleia da República, que uma maioria ampla de direita possa trabalhar democraticamente”, afirmou, dizendo ter também a expectativa de que possam avançar “reformas importantes nos primeiros dias da legislatura”.

André Ventura informou ainda que o CHEGA proporá o deputado Gabriel Mithá Ribeiro para secretário da Mesa da Assembleia, Filipe Melo para vice-secretário e Pedro Frazão para o Conselho de Administração.

Questionado sobre quem será o líder parlamentar do CHEGA, Ventura disse ainda não estar decidido, remetendo a sua proposta à bancada até ao final da semana.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados