18 Maio, 2024

Demitiu-se a secretária de Estado da Agricultura

© Folha Nacional

A secretária de Estado da Agricultura, Carla Alves, apresentou hoje a sua demissão por entender não dispor de “condições políticas e pessoais” para iniciar funções, um dia após a tomada de posse.

“A secretária de Estado da Agricultura, Carla Alves, apresentou na tarde de hoje a sua demissão por entender não dispor de condições políticas e pessoais para iniciar funções no cargo”, avançou, em comunicado, o Ministério da Agricultura.

A mesma nota refere que a demissão da ministra foi “prontamente aceite” pelo Executivo.

Esta demissão surge cerca de uma hora depois de o Presidente da República ter referido que “alguém que tem uma ligação familiar próxima com alguém acusado num processo de uma determinada natureza, à partida tem uma limitação política”.

Marcelo Rebelo de Sousa disse ainda, de forma clara e inequívoca, que é “evidente que [Carla Alves] é um peso político negativo” para o Governo.

A agora ex-secretária de Estado da Agricultura ocupou o cargo durante cerca de 24 horas, sendo mais um elemento do Governo a sair por questões do foro judicial.

Recorde-se que a polémica rebentou nesta manhã com a manchete do Correio da Manhã que dava conta de que a nova secretária de Estado da Agricultura tinha várias contas bancárias arrestadas no âmbito de uma investigação que envolve o seu marido e antigo presidente da Câmara de Vinhais, Américo Pereira, acusado, entre outros crimes, de corrupção.

Folha Nacional

Folha Nacional

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados