22 Maio, 2024

CHEGA chama Medina ao parlamento ao abrigo do direito potestativo

©CHEGA

O CHEGA vai chamar ao parlamento o ministro das Finanças, Fernando Medina, ao abrigo do direito potestativo, para explicar com “extrema urgência” mais detalhes das medidas de combate à inflação, anunciou hoje o presidente do partido.

“Queria anunciar-vos aqui que o CHEGA tenciona usar o seu direito potestativo para obrigar e forçar Fernando Medina a ir ao parlamento o mais breve possível, com caráter de extrema urgência”, afirmou André Ventura.

Em declarações aos jornalistas à entrada para um jantar do partido, no concelho de Câmara de Lobos, na Madeira, Ventura explicou que o CHEGA quer que Fernando Medina indique que produtos fazem parte do cabaz alimentar com IVA a 0%, “que acordo foi feito com a distribuição”, assim como qual “é o conceito de famílias vulneráveis”.

“São os que recebem prestações sociais? A classe média fica de fora destes apoios?”, questionou.

André Ventura pretende também saber se o aumento de 1% nos salários dos funcionários públicos “tem retroativos ou não” e se “as pensões estão de fora”.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados