23 Julho, 2024

Série “Warrior Nun” protagonizada por Alba Baptista vai ter continuidade

© Netflix

A série de ficção “Warrior Nun”, protagonizada pela atriz portuguesa Alba Baptista e exibida na plataforma Netflix, vai ter continuidade, anunciou hoje o criador e produtor canadiano Simon Barry.

Na rede social Twitter, Simon Barry escreveu que “Warrior Nun” está de regresso “e será mais épico”, sem especificar qual o formato da produção e se continuará na Netflix.

Em dezembro passado, Simon Barry confirmou que a plataforma de ‘streaming’ não tinha renovado a produção de “Warrior Nun” para uma terceira temporada, o que originou uma onda de protesto de centenas de fãs, na Internet e à porta da sede da Netflix em Los Angeles, nos Estados Unidos da América, e um pedido para que o projeto tivesse continuidade.

Hoje, no Twitter, Simon Barry disse que foi graças “às vozes em uníssono, à paixão e aos espetaculares esforços” da comunidade de fãs que o projeto vai ser retomado.

“Warrior Nun”, que se estreou na Netflix em 2020 e teve segunda temporada em 2022, é inspirado na banda desenhada “Warrior Nun Areala”, de Ben Dunn, publicada originalmente em 1994.

A história tem como protagonista uma jovem, interpretada por Alba Baptista, que “acorda na morgue investida de poderes extraordinários e vê-se envolvida numa batalha entre o bem e o mal”, segundo a sinopse.

Além de Alba Baptista, também o ator português Joaquim de Almeida integra o elenco da série.

Em entrevista à agência Lusa, em junho de 2020, Alba Baptista contou que a entrada na série surgiu de um golpe de sorte, depois de ter participado e ter sido distinguida em 2018 no Festival de Cinema Europeu Subtitle, na Irlanda.

Foi lá que contactou com diretores de ‘castings’ e que conseguiu uma janela de oportunidade para se dar a conhecer. Foi escolhida para ser protagonista de uma série que, segundo ela, combina fantasia, ação, ficção científica, humor e tanto pode servir um público jovem como mais adulto.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Receba o Folha Nacional no seu e-mail

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados