15 Julho, 2024

GNR detém 444 pessoas em operações de combate à criminalidade e sinistros na estrada

A GNR deteve, na última semana, 444 pessoas, detetou 6.268 infrações e apreendeu várias doses de droga em operações de combate à criminalidade e aos sinistros na estrada, foi hoje anunciado.

© Facebook / GNR

 

Entre 21 e 27 de junho, para além da sua atividade diária, a Guarda Nacional Republicana (GNR) levou a cabo um conjunto de operações de prevenção e combate à criminalidade e à sinistralidade rodoviária, anunciou hoje, em comunicado.

Na sequência destas operações contabilizaram-se “444 detidos em flagrante delito”, entre os quais 220 por condução sob o efeito do álcool, 85 por condução sem carta, 24 por tráfico de estupefacientes, 22 por furto e roubo, 17 por violência doméstica, 13 por posse ilegal de armas e arma proibida e dois por incêndio florestal.

Detetaram-se ainda 6.268 infrações no trânsito, das quais 1.187 por excesso de velocidade.

Somam-se 767 por falta de inspeção periódica obrigatória, 605 por condução com taxa de álcool superior ao permitido, 284 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização, 243 relacionadas com tacógrafos, 222 por falta do seguro de responsabilidade civil, 218 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou do sistema de retenção para crianças e 205 devido ao uso indevido do telemóvel durante a condução.

Segundo a mesma nota, foram também apreendidas 4.341,52 doses de haxixe, 2.861,53 de liamba, 1.272,9 de MDMA, 880,85 doses de cocaína, 761,8 doses de heroína, 450 doses de óleo de canábis e 20 comprimidos de MDMA.

A GNR apreendeu igualmente 25 armas de fogo, 29 armas brancas ou proibidas, 28 viaturas e 151 munições.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Receba o Folha Nacional no seu e-mail

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados