24 Abril, 2024

Polícias realizam concentração contra ausência de resposta do Governo aos problemas

© Folha Nacional

Elementos da PSP vão concentrar-se hoje junto à Presidência do Conselho de Ministros, em Lisboa, para demonstrar o desagrado pela ausência de resposta do Governo aos principais problemas dos polícias.

A concentração é convocada pelo Sindicato dos Profissionais da Polícia (SPP/PSP), tendo já quatro outros sindicatos anunciado que também vão marcar presença no protesto que assinala os 34 anos da carga policial sobre elementos da PSP, conhecida por “secos e molhados”.

O presidente do SPP, Paulo Macedo, disse à Lusa que a concentração se realiza na Presidência do Conselho de Ministros pelo “simbolismo que representa” este local num Governo de maioria e os polícias pretendem “chamar a atenção para os assuntos que estão por resolver”.

“Queremos demonstrar o desagrado pela ausência de respostas aos problemas vividos pelos polícias e que ano após ano se vão agravando sem uma resposta eficaz do Governo”, afirmou Paulo Macedo, adiantando que vão também entregar um manifesto na Presidência de Conselho de Ministros.

Segundo o SPP, os polícias exigem “direito à greve, pré-aposentação de acordo com estatuto, suplemento de risco digno, ordenado base condizente com responsabilidade, aumento de vagas para agentes coordenadores e chefes principais e acabar com o sentimento de impunidade em relação às agressões a polícias”.

Além do SPP, vão marcar presença na concentração, que se realiza a partir das 11:00, o Sindicato Nacional de Polícia, a Associação Sindical Autónomo de Polícia, Sindicato Independente dos Agentes de Polícia e a Associação Representativa dos Polícias.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados