22 Maio, 2024

Criança de 13 anos morre após “disparo acidental” de caçadeira do avô em Ponte da Barca

©D.R.

Uma criança de 13 anos morreu hoje, em Ponte da Barca, no distrito de Viana do Castelo, após um “disparo acidental” com a caçadeira do avô, anunciaram várias fontes de Proteção Civil.

Sem especificar pormenores, à Lusa, fonte do Comando Sub-Regional de Emergência e Proteção Civil do Alto Minho confirmou que o incidente envolveu uma “arma branca”.

Já a GNR de Viana do Castelo descreveu a arma como sendo uma caçadeira de chumbo, que “não pode ser considerada uma arma de fogo, mas sim recreativa, por se assemelhar a uma pressão de ar”.

Na casa da família, localizada em S. Martinho de Castro, concelho de Ponte da Barca, estava uma segunda criança, de 15 anos, que não sofreu ferimentos.

O “disparo acidental” atingiu a menina de 13 anos na boca.

A Polícia Judiciária está a investigar.

A ocorrência foi registada às 11:40.

Ao local foi chamada uma equipa de psicólogos para dar apoio à família que reside em França e se encontra em Portugal de férias.

Além da GNR e PJ, foram chamados ao local os Bombeiros de Ponte da Barca.

O socorro à vítima mobilizou a Ambulância Suporte Imediato de Vida (SIV) de Arcos de Valdevez, bem como a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Alto Minho.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados