18 Abril, 2024

Unesco declara as Montanhas de Bale como Património da Humanidade

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) incluiu o parque nacional das Montanhas de Bale, no centro da Etiópia, na sua lista de Património Mundial, disse hoje o governo etíope.

© D.R

As Montanhas de Bale, com picos de mais de 4.300 metros de altura, são uma das zonas mais endémicas de África, sendo o habitat de seis espécies de aves e de 23 espécies de plantas ameaçadas de extinção, com áreas de distribuição muito restritas.

O niala da montanha (um antílope de chifres grandes) e o lobo etíope, considerado um dos canídeos mais raros e ameaçados do mundo, apenas podem ser avistados nesta região.

Para além das Montanhas de Bale, o comité da Unesco inscreveu igualmente na lista do Património Mundial os monumentos megalíticos do povo Gedeo, no sul da Etiópia, que têm mais de mil anos, embora um estudo recente indique que poderão ser ainda mais antigos.

A Etiópia tem agora onze locais inscritos na lista da Unesco.

O comité da Unesco está a realizar a sua 45.ª assembleia anual, em Riade, desde sábado passado, examinando as 50 candidaturas de bens propostas este ano para a sua lista do Património Mundial.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados