13 Junho, 2024

Repelidos mais de 60 ataques russos ao longo da linha da frente

As forças ucranianas repeliram no domingo mais de 60 ataques russos ao longo de toda a linha de frente, concentrados principalmente nos teatros de operações do leste, informou hoje o Estado-Maior de Kiev no balanço diário de guerra.

© Facebook e President Volodymyr Zelensky

A zona de maior conflito foi novamente o eixo de Avdivka, na província oriental de Donetsk, onde as tropas de Kiev que defendiam a cidade repeliram 21 ataques inimigos. A Rússia ainda está a tentar completar o cerco à cidade, apesar de ter sofrido um grande número de baixas, acrescentaram.

De acordo com o Centro de Estratégias de Defesa de Kiev, o exército russo reduziu a frequência dos bombardeamentos na zona devido às pesadas perdas de equipamento militar.

No eixo de Bakhmut, uma cidade controlada pela Rússia também localizada em Donetsk, as forças ucranianas repeliram 16 ataques inimigos. De acordo com o Estado-Maior ucraniano, a Rússia também está a sofrer pesadas perdas neste teatro de operações.

De acordo com o Centro de Estratégias de Defesa, os russos tomaram várias posições ucranianas no sul desta cidade ocupada.

Entretanto, a Rússia continua a atacar diariamente a Ucrânia com drones de fabrico iraniano. Esta madrugada, o exército russo lançou um total de 23 ataques com drones, com a força aérea ucraniana a abater 18.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados