22 Abril, 2024

Valor pago para Casa da Cidadania indigna CHEGA

© D.R.

A Câmara Municipal de Lagoa, no Algarve, adjudicou, a 16 de fevereiro deste ano, a empreitada para a construção da Casa da Cidadania. O problema está no valor pelo qual a obra foi adjudicada: 1 578 317 euros.

Este valor levou a concelhia do CHEGA em Lagoa a escrever uma carta aberta na qual critica duramente a decisão da autarquia de gastar este valor na empreitada.

Na missiva, o CHEGA mostra “total indignação e repúdio pelo facto de o município ter contratualizado a empreitada de construção da Casa da Cidadania pelo gritante e astronómico valor de mais de 1,5 milhões de euros”.

O CHEGA recorda que em abril do ano passado a Assembleia Municipal havia votado contra esta proposta e, por isso, considera que “é intolerável e inadmissível” que a Câmara avance com o projeto.

“A concelhia do CHEGA considera chocante que o município gaste mais de 1,5 milhões de euros num edifício grotescto cuja utilidade para a população é quase nula. Este é mais um caso de dinheiro mal aplicado”, lê-se na carta.

Folha Nacional

Folha Nacional

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados