1 Dezembro, 2023

Flores e Corvo com aviso laranja devido a precipitação forte

© D.R.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou hoje para laranja o aviso emitido para o grupo Ocidental dos Açores, devido à previsão, a partir do final do dia, de intensificação da precipitação.

“A passagem de uma depressão com um sistema frontal associado irá provocar um agravamento do estado do tempo, em especial nas ilhas do grupo Ocidental”, adianta um comunicado da delegação do IPMA nos Açores, assinado pela meteorologista Carolina Medeiros.

Segundo o IPMA, a chuva poderá ser forte nas ilhas das Flores e Corvo “a partir do final do dia de hoje”, pelo que eleva para laranja o nível de alerta naquele grupo do arquipélago açoriano.

O IPMA tinha emitido aviso amarelo para as ilhas das Flores e Corvo, que compõem o grupo Ocidental dos Açores, elevando agora para laranja, o segundo mais grave da escala, emitido em “situação meteorológica de risco moderado a elevado”.

Assim, as ilhas das Flores e Corvo vão estar sob aviso laranja entre as 18:00 de hoje e as 00:00 de quarta-feira, período em que poderá ocorrer precipitação, por vezes forte, acompanhada de trovoada.

O IPMA emitiu ainda avisos amarelos para as ilhas dos grupos Central (Terceira, São Jorge, Pico, Graciosa e Faial) e Oriental (São Miguel e Santa Maria) por causa da precipitação por vezes forte, podendo ser acompanhada de trovoada.

Para o grupo Central o aviso amarelo vai vigorar entre as 18:00 de hoje e as 12:00 de quarta-feira.

Em São Miguel e Santa Maria o aviso amarelo vai estar ativo entre as 18:00 de hoje e as 09:00 de quarta-feira, acrescenta o comunicado do IPMA.

O aviso amarelo, o menos grave de uma escala de três, é emitido pelo IPMA sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Face a estas previsões, o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores recomenda que sejam tomadas medidas de autoproteção.

A Proteção Civil dos Açores aconselha, entre outras medidas, a consolidação de telhados, portas e janelas, assim como a limpeza dos sistemas de drenagem adjacentes às residências.

Guardar os objetos soltos do jardim, fechar bem portas, janelas e persianas, são outras das medidas recomendadas pela Proteção Civil no seu ‘site’ oficial na internet.

A Proteção Civil açoriana desaconselha ainda a circulação sem necessidade, tendo em conta a possibilidade de formação de lençóis de água.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados