22 Maio, 2024

Rede Expressos reforça oferta durante JMJ e cria apoio a peregrinos

©facebook/redeexpressos

A Rede Expressos vai reforçar a oferta rodoviária nacional e internacional em direção a Lisboa, no final de julho e em agosto, para responder ao aumento da procura no âmbito da Jornada Mundial da Juventude (JMJ).

A empresa informou hoje, em comunicado, que o reforço a nível internacional inclui “opções para os peregrinos, turistas e viajantes internacionais”, realizando-se, no total, 21 serviços semanais Lisboa-Paris, 28 ligações Lisboa-Madrid, 15 Porto-Madrid, 49 Porto-Santiago Compostela, 56 Faro-Sevilha e uma operação diária para Cadiz e Algeciras. Será ainda reforçado o percurso noturno diário Lisboa-Corunha-Lisboa, com bilhetes Lisboa-Vigo, com preços desde 25 euros.

No serviço nacional o reforço abrange as ligações do Litoral Alentejano (Lisboa-Milfontes), do Algarve e da Linha Oeste, no percurso Aveiro – Figueira da Foz — Nazaré – Caldas — Lisboa, bem como as saídas da Gare do Oriente para Faro e Portimão e para o Norte, até Guimarães.

A Rede Expressos “terá no mês de julho uma oferta de 800 serviços por dia”, refere o comunicado em que a empresa dá ainda nota de que irá “assegurar um posto de informação no terminal de Sete Rios, em Lisboa, onde estarão voluntários para apoiar os peregrinos”.

No posto, instalado na sala de espera do terminal, estes voluntários “ajudam os peregrinos nas chegadas e partidas e no encaminhamento para os diversos eventos na cidade”. Será prestado “um serviço idêntico na Gare do Oriente”.

A Rede Expressos é uma rede nacional de autocarros expresso em Portugal, fundada em 1995 e que assegura ligações a mais de 300 destinos em Portugal e no estrangeiro.

Em 2022, a Rede Nacional de Expressos transportou mais de nove milhões de passageiros através de 70,8 milhões de quilómetros em estradas nacionais e espanholas, italianas e francesas.

Lisboa foi a cidade escolhida pelo Papa Francisco para a próxima edição da Jornada Mundial da Juventude, que vai decorrer entre os dias 1 e 6 de agosto deste ano, com as principais cerimónias a terem lugar no Parque Eduardo VII e no Parque Tejo, a norte do Parque das Nações, na margem ribeirinha do Tejo, em terrenos dos concelhos de Lisboa e Loures.

Mais de um milhão de pessoas são esperadas em Lisboa para a JMJ.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados