23 Julho, 2024

Mais de 17 mil de condutores apanhados em excesso de velocidade em sete dias

Mais de 17 mil de condutores foram apanhados em excesso de velocidade durante os sete dias da campanha “Viajar sem pressa” e cerca de 80% foram multadas através dos radares da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, foi hoje divulgado.

© D.R.

 

Os dados fazem parte da campanha “Viajar sem pressa” da responsabilidade da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), Guarda Nacional Republicana e Polícia de Segurança Pública, que decorreu entre 03 e 09 de outubro, com o objetivo de alertar os condutores para os riscos da condução em excesso de velocidade, uma vez que é uma das principais causas dos acidentes nas estradas.

Num comunicado conjunto, aquelas três entidades indicam que foram fiscalizados em controlo de velocidade por radar 4,1 milhões de veículos, 94,8% dos quais pelo Sistema Nacional de Controlo de Velocidade (SINCRO), da responsabilidade da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária.

Dos 4,1 milhões de veículos fiscalizados, 17,4 mil circulavam com excesso de velocidade, e destes 3,3 mil foram detetados pelos radares das forças de segurança e 14,1 mil pelo SINCRO da ANSR.

A PSP, GNR e ANSR dão também conta de que, durante esta campanha, se registaram 2.386 acidentes, dos quais resultaram 10 vítimas mortais, 50 feridos graves e 733 feridos ligeiros.

Esta campanha está inserida no Plano Nacional de Fiscalização de 2023 e realiza-se anualmente pela ANSR, GNR e PSP desde 2020, com temáticas definidas com base nas recomendações europeias estabelecidas para cada um dos anos.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Receba o Folha Nacional no seu e-mail

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados