23 Julho, 2024

Zelensky admite na NATO que “vai ser um desafio” sobreviver ao inverno

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, admitiu hoje, no quartel-general da NATO, em Bruxelas, que “vai ser um desafio” sobreviver ao próximo inverno e pediu mais apoio para “necessidades concretas”.

© Facebook oficial NATO

“Vai ser um desafio perceber como é que vamos sobreviver este inverno”, reconheceu o Presidente ucraniano, assim que chegou ao quartel-general da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), acompanhado pelo secretário-geral da organização, Jens Stoltenberg.

É expectável que a Rússia reutilize a estratégia de bombardeamento de infraestruturas críticas durante o inverno.

Por isso, Volodymyr Zelensky considerou que é necessário “discutir as prioridades” com os países da Aliança Atlântica para salvaguardar a população ucraniana: “Existem necessidades concretas e precisamos de responder a essas necessidades concretas em pontos concretos do nosso território.”

O chefe de Estado ucraniano também apelou à utilização de ativos russos congelados: “Vocês têm esses ativos e nós podemos utilizá-los, podemos utilizar esse dinheiro para reconstruir a Ucrânia. Eles [as tropas russas] destroem, nós utilizamos esses ativos.”

Este apelo foi “coartado” pelo secretário-geral da NATO, que com um toque no ombro disse a Zelensky que estava na altura de iniciarem o conjunto de reuniões.

Volodymyr Zelensky não confirmou reuniões com a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, ou com o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, justificando que “hoje vai ser tudo muito rápido”.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Receba o Folha Nacional no seu e-mail

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados