14 Julho, 2024

Presidente Parpública adiantou que custo total da reestruturação atinge cerca de 5.000 ME

© Facebook /Tap

O presidente da Parpública adiantou hoje que o custo total da reestruturação da TAP atinge cerca de 5.000 milhões de euros, somando a ajuda pública de 3.200 milhões com a contribuição própria da empresa e a compensação Covid.

“Esta soma da contribuição própria com o auxilio de Estado global – não só o auxilio da reestruturação, mas também o auxílio da compensação covid – é que vão somar o custo global da reestruturação, que, no âmbito do plano de reestruturação e da decisão da Comissão Europeia atinge cerca de 5.000 milhões de euros”, adiantou Jaime Andrez, em resposta ao deputado da Iniciativa Liberal (IL) Bernardo Blanco, na comissão parlamentar de inquérito à TAP.

O responsável sublinhou que as negociações com Bruxelas sobre o plano de reestruturação da TAP, aprovado em 21 de dezembro de 2021, foram “muito difíceis”, sobretudo sobre “dois instrumentos muito importantes para a decisão final da Comissão Europeia”, que tinham a ver com a partilha de perdas pelos diversos parceiros da companhia e com o contributo próprio da empresa.

Conforme explicou Jaime Andrez, a contribuição própria tem a ver com a redução de custos para ajudar a viabilização da atividade económica e financeira da empresa.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Receba o Folha Nacional no seu e-mail

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados