12 Junho, 2024

Sobe para 36 número de mortos em incêndios florestais no Havai

© D.R.

O balanço dos grandes incêndios florestais que estão a atingir o arquipélago norte-americano do Havai subiu para 36 mortos, anunciaram as autoridades do condado de Maui, a ilha mais afetada, hoje citadas pelas agências internacionais.

“À medida que os esforços de combate ao fogo continuam, foram registadas até à data 36 vítimas mortais no incêndio de Lahaina, que continua ativo”, referiu o comunicado, divulgado na quarta-feira na rede social X (antigo Twitter).

Este incêndio já destruiu uma grande parte da cidade turística de Lahaina, na costa oeste de Maui.

O anterior balanço oficial dava conta de seis vítimas mortais, 20 feridos e milhares de desalojados.

A nota divulgada entretanto não esclarece se estas 36 vítimas mortais se somam às seis mortes contabilizadas anteriormente.

Na quarta-feira, as autoridades norte-americanas temiam um aumento do número de vítimas.

Os receios estão relacionados com a passagem do furacão Dora nas proximidades do arquipélago, que agravou os fogos, que provocaram numerosos estragos e evacuações, em particular na ilha de Maui, a segunda maior deste estado norte-americano.

O maior incêndio começou a propagar-se na terça-feira, na cidade de Lahaina, uma das mais populares entre os turistas, e obrigou muitos habitantes a resguardarem-se nas águas do mar para escapar às chamas e ao fumo.

Os incêndios afetam também Kula, outra zona da ilha de Maui, assim como a península de Kohala, na ilha do Havai.

As autoridades norte-americanas decretaram o estado de emergência e a vice-governadora Sylvia Luke disse que a rede hospitalar de Maui ficou sobrecarregada com o afluxo de doentes com queimaduras ou por inalação de fumo.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados