27 Maio, 2024

Homem de 37 anos é acusado de roubar e violar idosa em Condeixa-a-Nova

O Tribunal de Coimbra começa a julgar na terça-feira um homem de 37 anos acusado de roubar e violar de uma mulher de 81 anos, em fevereiro, numa localidade de Condeixa-a-Nova.

© D.R

arguido, preso preventivamente, é acusado da prática de um crime de violação agravada e um crime de roubo.

Segundo a acusação a que a agência Lusa teve acesso, o homem de 37 anos, pedreiro de profissão, ter-se-á deslocado na madrugada de 21 de fevereiro à residência da vítima, que conhecia desde a sua infância, tendo conseguido entrar na habitação através de uma janela lateral.

Já no interior da casa, o arguido deslocou-se ao quarto da vítima, que se encontrava a dormir, e, alegadamente, violou-a, refere o Ministério Público.

Posteriormente, munido com um garfo, terá ameaçado a vítima que a mataria se não lhe desse todo o dinheiro que tinha na sua posse.

A vítima terá dado 30 euros que guardava num pequeno cofre, uma pequena bolsa de moedas e alguns objetos e valores.

Ainda antes de abandonar a casa da ofendida, o arguido terá levado consigo o telemóvel da vítima.

O Ministério Público salienta que a mulher de 81 anos padece de “patologia depressiva e respiratória graves, hipertensão arterial, diabetes, dificuldades de visão e de audição”, e tem “muito fraca mobilidade”, apresentado um “nível reduzido de autonomia, circunstâncias do conhecimento do arguido”.

O julgamento começa na terça-feira, às 15h00, no Tribunal de Coimbra.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados