23 Julho, 2024

Google pagou 26,3 mil milhões de dólares em 2021 para ser o principal motor de busca na internet

A tecnológica Google pagou 26,300 mil milhões de dólares em 2021 para ser o principal motor de busca na internet, divulgou hoje a empresa durante o seu julgamento por monopólio, que decorre em Washington.

© D.R.

A verba não foi detalhada por destino, mas a estação televisiva CNBC assegurou que a principal beneficiária tinha sido a Apple.

O Departamento de Justiça dos EUA, que faz a acusação, argumenta que a tecnológica utiliza a sua posição dominante no mercado dos motores de busca para entravar outras empresas e causar uma espécie de círculo vicioso.

A Google, por seu lado, contra-argumenta que bastam uns ‘clics’ do rato para utilizar um motor de busca alternativo.

A tecnológica costuma divulgar os gastos na aquisição de tráfego, mas mistura-os com o dinheiro que dedica à publicidade.

Segundo a informação divulgada na sexta-feira, durante o julgamento, o custo de aquisição de tráfego quadruplicou entre 2014 e 2021, ao passo que as receitas triplicaram.

Em 2021, a empresa obteve receitas de 146 mil milhões de dólares, como parte do negócio do motor de busca.

Este é o primeiro grande julgamento por monopólio do governo federal na era moderna da Internet, época em que as grandes tecnológicas se converteram em líderes de opina em áreas que vão desde a informação ao entretenimento.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Receba o Folha Nacional no seu e-mail

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados