20 Julho, 2024

Web Summit: Portugal tem mais de 4.000 ‘startups’ que faturam 2,3 mil milhões de euros

Portugal conta com 4.073 ‘startups’ que geram 2,3 mil milhões de euros de volume de negócios e 1,3 mil milhões de euros em exportações, sendo ainda responsáveis por 25 mil empregos, segundo a Startup Portugal, IDC e Informa D&B.

© Facebook/websummit

Num comunicado, hoje divulgado, as entidades deram conta destes dados, que resultam “da atualização dos critérios para a definição de ‘startup’ feita em parceria com a Startup Portugal, IDC e Informa D&B, no âmbito da Web Summit.

Assim, segundo os dados apresentados, “desde o início da última década, a criação de ‘startups’ cresceu em todos os anos, com exceção de 2020”, sendo que “este crescimento tem vindo a intensificar-se e 70% do total das atuais ‘startups’ foram criadas nos últimos cinco anos, com 2021 e 2022 a atingirem os máximos”, com 600 e 706, respetivamente.

A maioria destas empresas, 84%, são de serviços intensivos em conhecimento de alta tecnologia, lê-se na mesma nota.

“Em termos setoriais, a maior parte das ‘startups’ (3.278) pertencem às tecnologias de informação e comunicação, a que correspondem 61% do volume de negócios total”. Por sua vez, apesar de serem bastante menos, “as ‘startups’ do setor industrial correspondem a um volume de negócios significativo de 26%”, de acordo com o comunicado.

Segundo os dados, 35% são exportadoras, “percentagem bastante superior à média do tecido empresarial, que é de 11%”, sendo que os 1,3 mil milhões de euros de negócio com outros países são fundamentais “para as ‘startups’ exportadoras, representando 57% de toda a sua faturação, e 5% do total das exportações de serviços das empresas”.

Mais de metade destas empresas está concentrada em Lisboa e Porto e cresceram, entre 2019 e 2022, em volume de negócios 24,4%, “uma percentagem muito superior aos 9,1% quando considerada a totalidade do tecido empresarial”, tendo gerado “um crescimento do emprego em 17%, um valor que na generalidade do tecido empresarial ficou nos 1,6%”.

No que diz respeito à remuneração média, nestas empresas “é de cerca de 1.700,00 euros por empregado, um valor superior em 37% à média de todas as empresas portuguesas”.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Receba o Folha Nacional no seu e-mail

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados