20 Fevereiro, 2024

Nos novos Tempos

© Folha Nacional

Nos novos tempos que correm vivemos uma reestruturação cultural, seja na escola, em casa ou até na rua.
Mas, porque teve que haver uma “reestruturação” cultural? A resposta é simples: comunismo e as suas mentiras.
O movimento comunista já existe há muitos anos, mas falarei de 2 personagens que foram os  mais importantes neste assunto: Antonio Gramsci e Herbert Marcuse.
Antonio Gramsci, nasceu e morreu na Itália. Um dos principais fundadores do partido comunista italiano, é o criador da “hegemonia cultural.” Nada mais consiste em colocar pessoas com a sua mesma ideologia louca em setores importantes da sociedade como: igrejas, políticos, médicos, não interessa, o importante era colocar nas cabeças das pessoas de como o capitalismo era e é mau, aliás das próprias palavras do mesmo: “É um meio pelo qual toda a produção intelectual é usada para manipular a cabeça das pessoas”, assim a tão desejada revolução aconteceria.
Herbert Marcuse teve os seus maiores artigos após a 2 guerra mundial. Herbert Marcuse nada mais fez do que continuar o trabalho de Gramsci, mas com uma diferença: desta vez em solo americano.
Existe 2 fatores que o marcam: nova classe revolucionaria e a tolerância libertadora. A verdade é que na altura os trabalhadores estavam satisfeitos com os seus trabalhos e os seus sindicatos e já não queiram uma revolução como no tempo de Marx, ou algum tipo de golpe de estado.
Então Marcuse quando se apercebe disso decide largar a classe trabalhista e ir para quem não colaborava diretamente com a economia: os estudantes,minorias ou ate artistas, assim passando as ideias descabidas comunistas e sempre a falar o quanto o capitalismo é horrível e que tem que ser excluído. Já a tolerância libertadora eu defino nas próprias palavras de Marcuse: “a tolerância libertadora, então,significaria intolerância face a movimentos de direita e tolerância face aos movimentos de esquerda.”
A esquerda é realmente democrática, tudo que vai contra seus ideais mentirosos têm que ser excluído e não terá espaço numa sociedade comunista.
Eu como um jovem sofro diariamente com estas lavagens cerebrais na escola, em família, a esquerda conseguiu controlar a mente da população.
Hoje em dia falar que somos de direita é um crime, se dizer que sou do chega sou reprimido até por professores, se dizer que sou contra o aborto sou posto na fogueira de imediato. Se eu falar que um homem é um homem e nunca será uma mulher sou considerado um transfóbico. Pior que isso tudo é falar em plena sala de aula que somos cristãos e que gostamos de ler a bíblia nos intervalos.
Mas aonde é que isto já se viu? Eles podem ter a opinião deles e eu não posso ter a minha? É esta a democracia da esquerda?
Hoje em dia se um jovem assume-se de direita é excluído da turma, olham para nós como se fossemos aberrações.
É preciso recuperar a nossa juventude, é preciso parar com a escola que o PS tem usado para lavagem cerebral dos nossos jovens (incluindo eu) e começar a alimentar os nossos jovens com conhecimento, não as casas de banho mistas, ou eu poder identificar-me como um cão ou qualquer outra coisa.
Por isso que o CHEGA terá um papel fundamental na luta contra tudo isto que tem acontecido ao longo destes anos todos. Conto com cada 1 que faça parte do CHEGA para a mudança acontecer, chega desta lavagem cerebral, chega da falsa liberdade de expressão.
Acredito que também os pais possam e devem ter um papel fundamental nesta matéria, nem que seja fazer uma reclamação na direção da escola, não podemos estar parados, temos que agir pelos nossos jovens e um futuro melhor.
Para terminar queria destacar a importância para que toda a gente esteja contra as casas de banho mistas. Eu com certeza não me sentira confortável com uma rapariga entrar na casa de banho da minha escola. E nós jovens temos que confiar no CHEGA, é o único partido que realmente quer fazer algo por nós e a mudança no nosso país.

Folha Nacional

Folha Nacional

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados