24 Fevereiro, 2024

Sobe para nove o número de mortos depois de ataque do Paquistão no Irão

Pelo menos nove pessoas morreram hoje, no sudeste do Irão, na sequência de ataques com mísseis efetuados pelo Paquistão, noticiaram os meios de comunicação oficiais iranianos.

© facebook de Mumtaz Zahra Baloch

 

“Dois homens também foram mortos no ataque com mísseis numa das aldeias fronteiriças, elevando o número de mortos para nove”, disse a agência de notícias oficial iraniana Irna, citando o vice-governador da província de Sistão-Baluchistão, Alireza Marhamati.

O balanço anterior dava conta de sete mortos.

Entretanto, as autoridades iranianas convocaram o encarregado de negócios paquistanês para Teerão.

“Na sequência do ataque (…) o encarregado de negócios paquistanês foi convocado ao Ministério dos Negócios Estrangeiros para explicações”, informou a agência Tasnim.

Na véspera, o Paquistão tinha chamado o embaixador em Teerão, na sequência de um ataque que Islamabade acusou o Irão de ter realizado no seu território.

Por seu lado, o primeiro-ministro interino do Paquistão, Anwar-ul-Haq Kakar, vai interromper a deslocação ao Fórum de Davos, na Suíça, na sequência do anúncio de ataques paquistaneses contra “esconderijos terroristas” no Irão, anunciou o Governo.

“O ministro decidiu interromper a visita devido aos acontecimentos atuais”, declarou a porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros paquistanês, Mumtaz Zahra Baloch, em conferência de imprensa.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados