4 Março, 2024

Listas do PS? São “totalmente amarradas ao tempo de António Costa”

O presidente do CHEGA, André Ventura, considerou hoje que as listas de candidatos a deputados apresentadas pelo PS são "totalmente amarradas ao tempo de António Costa" e revelam que o partido está "fechado em si próprio".

© Folha Nacional

“Temos uma lista totalmente de continuidade, totalmente amarrada ao tempo de António Costa”, afirmou.

Numa declaração aos jornalistas na Assembleia da República, o líder do CHEGA considerou que os candidatos do PS às eleições legislativas de 10 de março mostram que o partido “está fechado em si próprio” e “já não tem capacidade de recrutar na sociedade civil pessoas para ocupar cargos”.

André Ventura considerou que o secretário-geral do PS optou por “uma linha de continuidade, apesar de ter prometido um registo diferente e um estilo diferente”.

“Pedro Nuno Santos prometeu renovação, ambição, que conciliasse experiência e juventude. Juventude é coisa não existe muito, experiência há, mas é má”, criticou, apontando que “não quer inovar e não traz nada de novo”.

Considerando que “isto é o Governo que caiu a ser transportado para a Assembleia da República”, o presidente do CHEGA afirmou que são as listas de “quem quer manter o Governo de António Costa”.

As listas de candidatos do PS às eleições legislativas antecipadas de 10 de março foram aprovadas em Comissão Política Nacional com 84% de votos a favor, 13% de abstenções e 3% de votos contra, tendo obtido “apenas três votos contra num total de 86 votantes”, segundo o partido.

De acordo com a mesma nota, “face ao ano de 2022, o PS apresenta-se a eleições com uma ampla renovação de cabeças de lista (cerca de 50%) e preservando a marca da igualdade de género (45%, ou seja 10 dos cabeças de lista são mulheres)”.

O secretário-geral do PS, Pedro Nuno Santos, será o cabeça de lista no círculo de Aveiro. A ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, será a número um em Lisboa e Francisco Assis, atual presidente do Conselho Económico e Social (CES), o primeiro candidato dos socialistas no Porto.

José Luís Carneiro, principal adversário de Pedro Nuno Santos nas diretas de 15 e 16 de dezembro, vai encabeçar a lista do PS em Braga.

O líder parlamentar Eurico Brilhante Dias será cabeça de lista por Leiria e a ministra Ana Abrunhosa por Coimbra, Marina Gonçalves por Viana do Castelo, Francisco César pelos Açores, Jamila Madeira por Faro, Ana Catarina Mendes por Setúbal, Alexandra Leitão por Santarém, Ana Mendes Godinho pela Guarda e Augusto Santos Silva pelo círculo Fora da Europa, entre outros.

 

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados