23 Maio, 2024

Argentina a negociar salvo-conduto para opositores venezuelanos refugiados na sua embaixada

A ministra dos Negócios Estrangeiros argentina, Diana Mondino, anunciou hoje que o seu Governo está a negociar salvo-condutos para os opositores venezuelanos que se encontram desde 26 de março refugiados na embaixada da Argentina em Caracas.

© Facebook de Diana Mondino

 

“Estamos a trabalhar nisso. Não é nada fácil”, disse a dirigente do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Comércio Internacional e Culto num evento realizado na cidade de Córdoba, no centro da Argentina.

Mondino asseverou que os opositores venezuelanos que estão na representação diplomática argentina em Caracas têm desde sexta-feira passada o estatuto de asilados políticos, que lhes foi concedido pelas autoridades argentinas.

Os opositores venezuelanos ao regime do Presidente Nicolás Maduro refugiaram-se na embaixada da Argentina um dia depois de este ter apresentado a sua recandidatura ao terceiro mandato presidencial de seis anos consecutivo nas eleições de 28 de julho próximo, das quais os candidatos da oposição foram sistematicamente excluídos, quer sendo detidos pelas forças de segurança, quer sendo impedidos pelas autoridades eleitorais de registar as respetivas candidaturas dentro do prazo legal.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados