23 Maio, 2024

Ministério Público de Faro acusa 71 pessoas por burla informática bancária

O Ministério Público (MP) de Faro acusou 71 pessoas pelos crimes de falsidade informática, branqueamento de capitais e associação criminosa, algumas das quais pertencentes à organização criminosa brasileira Primeiro Comando da Capital (PCC), foi hoje divulgado.

©facebook.com/pjudiciaria

De acordo com uma nota publicada no portal da Procuradoria-Geral Regional de Évora, os arguidos, de nacionalidades portuguesa e brasileira, mas também oriundos de países africanos, dedicavam-se à captura de dados e códigos de acesso a contas bancárias, às quais acediam e subtraiam dinheiro.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados