27 Fevereiro, 2024

CHEGA/Açores questiona IRAE sobre especulação nos preços

©Folha Nacional

O deputado do CHEGA/Açores no parlamento regional questionou hoje a Inspeção Regional das Atividades Económicas (IRAE) sobre o que tem feito para fiscalizar as margens de comercialização e vendas de bens alimentares na região.
Num requerimento enviado à Assembleia Legislativa Regional dos Açores, José Pacheco, também líder do partido na região, considera que se torna “cada vez mais necessário avaliar, fiscalizar e monitorizar os preços praticados no mercado de forma a evitar a especulação na venda dos produtos”.

Citado em nota de imprensa, o deputado questiona se houve lugar à aplicação de contraordenações nos casos em que foram detetadas irregularidades e em que ilhas dos Açores tal aconteceu.

José Pacheco quer saber se a região tem delineada alguma estratégia para a deteção de práticas especulativas no arquipélago face ao aumento dos preços das matérias-primas, bem como dos combustíveis, “que se têm refletido, há muitos meses, no aumento dos preços dos bens alimentares e causado uma subida galopante dos preços dos bens alimentares ao consumidor”.

De acordo com o parlamentar, a “contínua subida dos preços dos bens alimentares está a deixar muitas famílias açorianas sem capacidades económicas para viverem com as devidas condições de dignidade e mesmo sem condições para suportarem todas as despesas familiares, incluindo as alimentares”.

José Pacheco não duvida que “possa haver quem se esteja a aproveitar da situação que se vive atualmente para aumentar os preços dos bens essenciais”, defendendo ser “preciso clarificar e acompanhar toda esta situação e punir quem se esteja a aproveitar dos açorianos”.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados