25 Julho, 2024

Portugal como “Centro Geodésico” das Direitas Mundiais

Nos próximos dias 13 e 14 de Maio, o Partido CHEGA vai realizar uma conferência internacional que trará a Portugal diversas individualidades da direita conservadora mundial, para juntos debater o que se passa no mundo e a melhor forma de contrariar, democraticamente, a cada vez mais forte invasão socialista, auto intitulada de “progressista”, e as suas consequências devastadoras.

Do Brasil à Europa, passando pelos Estados Unidos da América, a direita de muitos países se fará representar neste mega evento que poderá ser a base da mudança de curso que o Mundo está a necessitar para combater as políticas de esquerda e extrema-esquerda.

A cada dia que passa, maior é a necessidade de trocar impressões, fórmulas e soluções democráticas para levar a cabo esta difícil tarefa, e Portugal, graças ao Partido CHEGA, mas essencialmente ao prestígio internacional de André Ventura, ficará a partir de Maio no centro dessa mesma união das direitas mundiais.

A localização geográfica do nosso país, aliada aos predicados atrás referidos sobre o nosso partido e o seu líder, pode torná-lo no “centro geodésico” das partidos conservadores e conservadores liberais de todo o mundo, num dos “vértices do triângulo do mundo” que a prazo poderão torná-lo numa sede importante da política internacional.

Por isso, pelo regresso do prestígio de Portugal aos quatro cantos do mundo neste novo contexto histórico de membro da União Europeia, faremos parte, a partir de 2024, da transformação desta União, numa verdadeira Europa de Nações fortes e unidas.

Tudo isto no respeito pelos valores culturais, sociais e soberanos de cada um dos seus Estados Membros, mas também no respeito pela própria União.

Com este objectivo, trabalharemos todos os dias sem excepção, certos de que o reequilíbrio de forças resultante das eleições europeias e do novo quadro político de muitos dos países europeus, bem como das boas relações criadas com partidos relevantes de outros continentes, seremos parte da criação de um mundo melhor e mais unido.

É esse um dos nossos propósitos ao realizar mais esta cimeira que juntará figuras da cena política mundial.

Juntos, vamos conseguir vencer o socialismo que tantas e tantas ditaduras tem dado, e continua a dar ao mundo!

Ricardo Dias Pinto (Sub-Diretor do Folha Nacional)

Ricardo Dias Pinto (Sub-Diretor do Folha Nacional)

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Receba o Folha Nacional no seu e-mail

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados