13 Junho, 2024

Ampolas de morfina furtadas de base do INEM

© Facebook / INEM

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) confirmou hoje que material foi furtado da sua base logística situada na Quinta do Lumiar, em Lisboa, e que o “incidente está sob investigação”.

“O INEM confirma que ocorreu um furto de material na Quinta do Lumiar. O incidente está sob investigação”, adiantou o instituto responsável por coordenar o funcionamento do Sistema Integrado de Emergência Médica, sem adiantar mais informações.

Segundo a SIC Notícias, “cerca de dez ampolas de morfina foram furtadas” de instalações do INEM nos últimos dias, um caso “detetado após a realização de um inventário de rotina às viaturas estacionadas naquele local” e reportado à direção no início da semana.

Na sequência destas notícias, a Associação Nacional dos Técnicos de Emergência Médica (ANTEM) salientou que a morfina, que “pertence ao grupo dos opioides”, é um “fármaco que deve estar devidamente controlado, acomodado”.

“Não é por acaso que, nos países onde existem verdadeiros serviços médicos de emergência”, este fármaco se encontra “num pequeno cofre num compartimento” das viaturas de socorro, adiantou a associação, ao salientar que “este é mais um episódio de manifesta gravidade que vem por a nu o mau funcionamento do INEM”.

Uma auditoria interna recente ao INEM, a que a agência Lusa teve acesso, apontou falhas no armazenamento de medicamentos e concluiu que o instituto não garante que todos os consumíveis estão dentro da validade, o que pode por em perigo a segurança dos doentes.

Na resposta, o instituto garantiu que as “situações pontuais” detetadas já foram ou estão a ser alvo de correção.

“As situações identificadas em auditoria realizada pelo próprio INEM já foram e/ou estão a ser alvo de correção. Trata-se de situações pontuais, numa auditoria realizada por amostragem, que não podem generalizar-se a todo o instituto”, referiu.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados