16 Junho, 2024

Teatro José Lúcio da Silva anuncia 25 espetáculos em Leiria este ano

© D.R.

Teatro, música, dança e cine-concertos estão entre as 25 propostas agendadas entre setembro e o fim do ano no Teatro José Lúcio da Silva (TJLS), em Leiria, anunciou a gestão da sala.

O último terço de 2023 arranca com uma produção que o TJLS leva ao Castelo de Leiria: “Entremundos”, performance de teatro físico e objetos e formas animadas com marionetas de grande dimensão da PIA.

Em 13 de setembro, no âmbito da comemoração dos 50 anos do 25 de Abril, o TJLS apresenta “O homúnculo”, que leva a palco as palavras de Natália Correia, com encenação de Sara Gonçalves, num espetáculo que funde teatro, audiovisual e multimédia.

“O rei zarolho”, comédia negra escrita e encenada por Marc Crehuet, chega a Leiria no dia 21 de setembro, enquanto “Vi o Ayrton Senna morrer nos olhos do meu irmão” junta no palco do TJLS a Orquestra Filarmonia das Beiras e a encenação de Bruno Reis (dia 23).

A programação prevista para setembro termina no dia 29, com as marionetas de “Lições de voo”, criação de Isabel Barros sobre “a poética do ar, dos sonhos e do voo”, um espetáculo com Língua Gestual Portuguesa.

Para outubro, promete-se no primeiro dia, para comemorar o Dia Mundial da Música, um concerto de Tiago Bettencourt com uma banda que junta músicos da Associação das Filarmónicas do Concelho de Leiria.

Os atores Carlos Cunha, Nuno Pires e Erika Mota interpretam em Leiria a comédia “O último fecha a porta”, no dia 06 de outubro.

No dia 07, o TJLS acolhe mais um concerto do Ciclo Mendelssohn, este com direção do maestro convidado Jan Wierzba, que dirige a Orquestra Filarmonia das Beiras, e o pianista Jorge Moyano.

A combinação entre teatro e música volta ao TJLS em 14 de outubro, com “Montanha-russa”, espetáculo de Miguel Fragata e Inês Barahona, a que se juntam Hélder Gonçalves e Manuela Azevedo, dos Clã.

O tempo é central em “Time”, que a coreógrafa Aldara Bizarro criou para o Teatrão, e que chega a Leiria em 20 de outubro. Espetáculo também com Língua Gestual Portuguesa.

“Mãe”, novo disco de Cristina Branco, é apresentado ao vivo no TJLS no dia 21 de outubro, mês que termina com “O meu amigo H.”, com encenação de Albano Jerónimo e Cláudia Lucas Chéu, no dia 27, integrado no festival Acaso.

“Peça para dois atores”, de Tennessee Williams, coloca em cena em Leiria, a 02 de novembro, Luísa Cruz e Miguel Guilherme, numa encenação de Diogo Infante sobre saúde mental e confinamento forçado.

Em novembro, o TJLS promove o ciclo de cine-concertos “Salão Piolho”: “A paixão de Joana d’Arc”, de Carl Th. Dreyes musicado por Diogo Vida no Centro de Diálogo Intercultural – Igreja da Misericórdia, no dia 03; “Os lobos”, de Rino Lipo, com música de Bicho Carpinteiro, no Teatro Miguel Franco, no dia 04; e “O garoto de Charlot”, de Charles Chaplin, acompanhado por O Gajo, no TJLS, no dia 05.

Em 04 de novembro, a Orquestra Jazz de Leiria apresenta-se no TJLS com um novo convidado, Tatanka.

O ‘stand-up comedy’ também integra a programação da sala, com sessão de “E agora?”, de Afonso Padilha, no dia 15 de novembro.

O Misty Fest tem também uma extensão a Leiria, para dois concertos na noite do dia 18 de novembro no TJLS: Wim Mertens e Francisco Sassetti.

No dia seguinte há mais música, com “Cordas sopradas – O quarteto de cordas”, pelo Quarteto de Cordas de Matosinhos.

“Maçã de Adão” encerra com dança o novembro do TJLS, no dia 30, numa criação com assinatura de Jonas & Lander.

A comemorar 25 anos, o projeto Concertos para Bebés dá um espetáculo especial de Natal em 03 de dezembro no TJLS, com o coro Schola no Coração como convidado. Será uma produção especial para bebés com necessidades especiais.

“Tango passion” junta música e dança no palco da sala de Leiria em 06 de dezembro, com presença do bandeónero Walter Hidalgo e o seu quarteto.

A nova comédia de Aldo Lima e José Pedro Gomes, “Pela ponta do nariz”, encenada por Ricardo Neves-Neves, é interpretada em Leiria a 16 de dezembro.

A programação de 2023 encerra com o concerto de Carolina Deslandes, a 21 de dezembro, inspirado no mais recente disco, “Caos”.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados